Depoimentos

Palavras dos estudantes
Palavras dos pais

 

"Tenho 16 anos e sou aluna do primeiro ano do Colégio Motivo, depois que entrei na Cia do Estudo meu dia a dia melhorou em todos os aspectos, não só na questão de estudo mas na questão da minha vida toda em geral, do meu sentimento de pertencer a um lugar. Quando entrei na Cia não ganhei somente um grupo extremamente capacitado pra me dar aula, mas um grupo de amigos, uma família. Eles transmitem uma preocupação e um afeto que ultrapassa qualquer tipo de relação aluno-professor. Em 2017 minha vida foi completamente transformada, agora tenho gosto de estudar, ler e escrever e devo tudo isso a Cia, sou extremamente grata a cada um dos professores".

                                                                                                  Raquel Moura, Recife - PE

 

" Olá, meu nome é Vyctor, tenho 15 anos e estou no 2º ano do ensino médio no Colégio Divino Mestre. No ano passado minhas notas andavam muito baixas, correndo até o risco até de reprovar. Até que conheci a Cia do Estudo, que me recuperou, passei de ano e hoje faço matérias isoladas. É uma ótima instituição, que se preocupa com o aluno, faz o possível para dar a ele o melhor, professores muito qualificados, que se entrosam com o aluno, em uma aula divertida".

Vyctor Marques, Jaboatão do Guararapes - PE

 

 

 

" Gosto da Cia do Estudo pois me permite entender assuntos de matérias que muitas vezes não consigo entender na escola, além de me ensinar novos meios de estudo, facilitando os meus estudos no dia a dia escolar".

Rafael Pinheiro, Recife - PE

 

 

 

" Gosto da Cia porque tem ótimos professores e eu consigo tirar minhas duvidas".

Gabriela Caroline, Recife - PE

 

 

" Eu gosto da Cia, pois ela se preocupa em saber se você aprendeu de verdade. Gosto também, porque os professores são além de educadores, amigos, isso deixa a convivência e aprendizado melhor. Eles nos deixam mais a vontade para perguntar qualquer dúvida que você tenha, então eu agradeço a Cia por estudar comigo e por insistir em verificar se estou sabendo do assunto, pois sabemos que eles nos entendem e por fim a nos estimularem a estudar e  tirar notas boas".

Victória Barreto, Recife - PE

"Percebi que depois q meu filho começou a frequentar a Cia do ESTUDO, ele começou a ficar mais interessado nas aulas do Colégio, ou seja, segundo a Coordenadora do Divino Mestre, os Professores começaram a comentar o "crescimento" dele nas aulas, tanto nas notas, como na dedicação na matéria. De um modo geral, só tenho a agradecer a equipe de Professores da CIA pela dedicação com seus alunos. Não desmerecendo os outros, mas em especial Léo Borba que tanto escuto falar aqui em casa pelo empenho em querer sempre saber se meu filho realmente está entendendo os assuntos de Matemática e Física e se ele está com alguma dúvida. Enfim, observo q até quando surge alguma dúvida durante a semana ele entra em contato com Léo pelo Face ou Whatsapp e é atendido por este Professor. Destaquei esse porque é o que mais ele fala aqui em casa. Acredito q essa reciprocidade fez com que meu filho "acordasse" para as aulas do colégio.

Sempre muito atenciosos os Professores da Cia, passam fichas de exercícios que os alunos trazem para casa, sei que meu filho tem que ter empenho, mas se houver uma cobrança maior na realização da ficha creio que despertará mais o interesse dele. Acredito que mudanças de horários dos Professores das isoladas devem ser comunicadas por email, celular, whatsapp com antecedência, sei que imprevistos acontecem, mas seria importante intensificar a questão dos comunicados, às vezes precisamos nos reprogramar em cima da hora como já aconteceu algumas vezes.

Pedi para Vyctor assim que chegar à CIA ligar p mim, pois ele vai sozinho de ônibus e devido a insegurança que vivemos quero ter a certeza que ele chegou. Certa vez ele foi para Cia e não ligou. Liguei para lá me identifiquei e Raquel me atendeu e antes de responder foi certificar-se de que ele estava lá. Toda equipe deveria seguir o mesmo exemplo

Espero que em 2015, meu filho continue fazendo parte da CIA".

 

Iveny Marques, Jaboatão do Guararapes - PE